Quem sou eu

Minha foto
PSICÓLOGA: Atendimento Clínico: CRP04\37454 Contato: 31-84350101\ 31-25144487 - e-mail: diana.pires.psi@gmail.com

terça-feira

Transtorno do Pânico

O Transtorno do Pânico é caracterizado pela presença de ataques de pânico frequentes com intensa ansiedade e são imprevisíveis (podendo ocorrer em qualquer situação a qualquer momento). Os ataques do pânico ocorrem subitamente causando taquicardia, sudorese, sensação de morte ou perda de controle (loucura), sentimentos de irrealidade (despersonalização ou desrealização) e um mal estar muito intenso. Podem ocorrer durante minutos ou mais, sendo sua frequência muito variável.  A pessoa tende a evitar situações em que se sente presa, pois normalmente há uma pressa em sair de locais que causam medo e assim, pode evitar o local experimentado causando fobias irracionais. Os ataques de pânico podem causar medo de ficar sozinho, pois sendo constantes e imprevisíveis a pessoa acredita ter outro ataque até mesmo estando dentro de casa ou em lugares públicos. A Terapia Cognitiva para o transtorno do pânico tem seu enfoque nas cognições catastróficas típicas do transtorno. Ensina-se a pessoa a questionar suas crenças para o que elas são de fato. Técnicas e treinamento de relaxamento são passados ao paciente junto com a exposição a estímulos que provoquem medo levando em consideração o grau e particularidade do caso, sendo que, em alguns desses é necessário combinar a terapia mais medicamento.


FonteLEAHY, Robert L. (org). Terapia cognitiva contemporânea: teoria,pesquisa e prática. Porto Alegre: Artmed, 2010.  
ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Classificacao de transtornos mentais e de comportamento da cid-10: casos clinicos de adultos - as varias faces dos transtornos mentais. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998. 230 p. ISBN 85-7307-330-6.
http://www.sistemas.fumec.br/pergamum/img/transp.gif
http://www.sistemas.fumec.br/pergamum/img/transp.gif


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário